Primeiro passo vitorioso para Buritizeiro

Solicitação da Câmara de Buritizeiro, para investimentos na região, é aceita pela Comissão de Participação Popular da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG).

A luta da Câmara de Buritizeiro, pela inclusão da região nos benefícios a serem gerados por meio do Acordo Judicial entre o Governo do Estado e a empresa Vale SA, teve uma vitória importante nessa semana. Uma Proposta de Emenda Parlamentar, que pede a pavimentação asfáltica de 12 trechos no Norte de Minas, foi apresentada pela Associação dos Vereadores da Área Mineira da Sudene (Avams) e aprovada pela Comissão de Participação Popular da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG).
Com o envolvimento de todos os vereadores da Casa Legislativa buritizeirense, foi enviado ao Governo do Estado e demais autoridades estaduais, um ofício solicitando a pavimentação asfáltica de 138 km da Rodovia MG 161 até a BR 365 (no acesso para a cidade de São Romão) e de 118 km da Rodovia MG 408, ligando à BR 365 (para o acesso à Brasilândia de Minas). Essa proposta, em conjunto com outras demandas levantadas pela Avams, foi protocolada junto à ALMG para que seja inserida como emendas ao Projeto de Lei 2508/2021, por parte da Comissão de Participação Popular.
O PL 2508/2021, de autoria do governador Romeu Zema, refere-se à destinação dos recursos advindos do acordo com a Vale, em detrimento aos danos causados no estado pelo rompimento da barragem em Brumadinho. Ao todo, R$ 37,6 bilhões serão aplicados em diversas ações. Deste valor, R$ 25 bilhões serão destinados aos municípios que são cortados pelo Rio Paraopeba, como Brumadinho, por exemplo. Os outros R$ 12 bilhões serão investidos em todo o estado. A mobilização dos vereadores de Buritizeiro com outras entidades regionais é para que parte desses R$ 12 bilhões seja destinada para o asfaltamento e melhorias de estradas que ligam cidades da região.
“A inclusão da nossa solicitação já é uma vitória importante. Agora vamos continuar engajados para que a Proposta de Emenda e o Projeto de Lei entrem em pauta para serem votados no Plenário Estadual, nos próximos 30 dias. Por ser uma proposta complementar de uma comissão, com o respaldo de importantes entidades e órgãos, estamos otimistas para a sequência deste processo”. Declarou o vereador Sérgio Pereira, presidente da Câmara de Buritizeiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *