Após anos de negligência, Câmara de Buritizeiro regulariza gestão patrimonial

A transparência e o compromisso com o dinheiro público se tornaram palavras de ordem na Câmara de Buritizeiro, desde o início do mandato vigente. Baseado nisso, um conjunto de iniciativas, adotado nos últimos meses, colocará fim em uma grave irregularidade administrativa e financeira do Poder Legislativo buritizeirense.

Por determinação do presidente da Câmara, vereador Sérgio Pereira, foi realizada pela Assessoria Contábil uma auditoria da Gestão Patrimonial legislativa, a qual concluiu que não havia os registros analíticos de todos os bens patrimoniais da Câmara, bem como o cadastro e o controle dessas posses do Poder Legislativo. Nesta condição de grave irregularidade, a Câmara de Buritizeiro estava passível de punição, por infringir a Lei Federal nº 4.320/1964 que regulamenta a contabilidade pública.
Surpreendidos com tamanha negligência, ignorada por tantos anos, uma comissão de profissionais designada pela Câmara agiu prontamente, conforme as recomendações da Assessoria Contábil e a prioridade definida pela presidência. Várias medidas como a catalogação dos itens, regularização das bases cadastrais dos veículos, móveis e imóveis e a implantação do inventário anual, dentre outras ações, vão proporcionar um balanço patrimonial fidedigno e correto, já no final deste ano.
Este cuidado especial com a gestão do recurso público, para o presidente Sérgio Pereira, precisa ser uma das diretrizes fundamentais do Poder Legislativo e já foi garantido em todas as aquisições feitas e investimentos, neste ano de 2021. “Quando tomamos conhecimento dessas irregularidades, das gestões anteriores, dedicamos todos os esforços que eram necessários para solucionar esse problema grave, que por negligência, se arrastou por muitos anos. É inadmissível que um órgão que tem como função fiscalizar, ter ocorrido esse tipo de situação. Como cidadão e representante do povo cumprimos o nosso dever, de cumprir leis e respeitar o recurso e o patrimônio público”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *