Câmara de Buritizeiro aprova contas de 2019 da gestão passada e ouve profissionais e pais de escolas a serem municipalizadas

Com a maciça presença dos profissionais e pais de alunos das Escolas Estaduais Benedita Conceição Roquette e Cachoeira do Manteiga, a Câmara dos Vereadores de Buritizeiro realizou a sua 15ª Reunião Ordinária, na noite desta segunda-feira (30/05).

Com a aprovação da Ata da reunião anterior e a leitura das correspondências, o Pequeno Expediente foi sequenciado, após a apresentação dos novos trabalhos dos vereadores, com a discussão e votação do Projeto de Resolução Projeto de Resolução 03/2022. A matéria que “Dispõe sobre a Prestação de Contas do Administrador do Executivo Jorge Humberto Rodrigues, referente ao exercício de 2019, processo n°1091682”, foi novamente apreciada pelos vereadores, antes das participações das comissões.
Deste modo, a Comissão de Legislação, Justiça e Redação (CLJR) apresentou parecer favorável, assim como a Comissão de Fiscalização Financeira Orçamentária (CFFO) e a Assessoria Jurídica da casa. Na votação, o conteúdo foi aprovado por 10 votos favoráveis e um contrário.
Outro destaque na reunião foi o espaço concedido para a representante dos profissionais e pais de alunos das escolas presentes. O presidente da Câmara, Walmir Júnior não hesitou em convidar a porta voz para a tribuna, a qual protestou sobre a Proposta de Resolução (nº4.584) da Secretaria Estadual de Educação, que autoriza a municipalização destas escolas, através do Projeto “Mãos Dadas”.
Ao ouvir atentamente as reivindicações e questionamentos dos profissionais e pais dos alunos, o presidente Walmir Júnior informou que convocará uma reunião com o Poder Executivo e sua equipe de gestão, ainda nesta semana, para esclarecer todos os pontos e alinhar as informações inerentes à proposta.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *