Vereadores indicam melhorias na infraestrutura e no atendimento dos produtores rurais

Também na reunião da última segunda-feira (16/05), os vereadores de Buritizeiro, mais uma vez, apresentaram seus novos trabalhos e fizeram reivindicações junto ao Poder Executivo, ancorados pelas necessidades da população. Confira:

O vereador Sidney Vila Real apresentou duas indicações para a Secretaria de Infraestrutura e Urbanismo (SEMIU). A primeira delas sugere a elaboração de um projeto para viabilizar a Parceria Pública Privada (PPP), em favor da construção e estruturação das calçadas, em vias públicas do município. De acordo com o conteúdo apresentado, esta iniciativa estimulará uma importante política pública para o benefício da mobilidade urbana, envolvendo também empresários e demais cidadãos.

O vereador também solicitou a construção de três faixas de pedestres e a instalação de placas indicativas, nos locais de maior fluxo da Avenida Manoel Joaquim de Melo. Sidney Vila Real explicou que a intensidade no tráfego de pessoas vem aumentando, bem como os riscos de acidentes, pela falta da estrutura indicada.

Juliana do Semas

Em favor do Turismo e da infraestrutura de Buritizeiro, a vereadora Juliana do Semas apresentou uma indicação para o Poder Executivo viabilizar a construção do pórtico na entrada da cidade. Para a vereadora, por todas as suas riquezas e pelo projeto de desenvolvimento que vem sendo proposto, essa ação valorizará ainda mais o município, assim como é feito em outras cidades turísticas no país.

Outra indicação, apresentada pela legisladora, foi relacionada ao distrito de Sambaíba. Juliana do Semas solicitou que seja disponibilizada uma ambulância para a comunidade e suas adjacências. A vereadora argumentou que com esse veículo será proporcionado mais segurança e comodidade para os moradores da região, que fica há mais de 100 quilômetros da sede do município, atendendo também quem necessita de um transporte especial.

Sérgio Pereira

O vereador Sérgio Pereira apresentou a indicação para que o Poder Executivo regulamente ações ou mecanismos para suprir o déficit de atendimentos da zona rural, no que se refere aos serviços de preparo e conservação do solo. Segundo Sérgio Pereira, existe uma demanda importante no uso de máquinas e implementos nas comunidades, o que aponta a necessidade de um gerenciamento especial, para fortalecer a agricultura familiar e garantir o atendimento dos agricultores, em interface com a Secretaria de Desenvolvimento Territorial.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *