Câmara de Buritizeiro aprova programa Fila Zero para pacientes oncológicos

Na noite desta segunda-feira (08/11), foi realizada a 28ª Reunião Ordinária da Câmara de Buritizeiro, que contou com a participação de todos os 11 vereadores. Além da apresentação dos novos trabalhos dos legisladores, foram pautados e votados mais Projetos de Lei (PL) em prol da população.

A primeira matéria que foi discutida foi o PL n°54/2021, o qual “Dispõe sobre a denominação da praça academia da saúde no bairro São Francisco”, de autoria do vereador Sidney Vila Real. Na sequência, foi debatido o PL n°56/2021, de autoria do vereador Sandro Paulo e que “Dispõe sobre a denominação da Avenida Um no bairro Recanto dos Buritis, que passará denominar-se Cesarino João Emiliano”. Ainda nesta parte da reunião, foi avaliado também o Projeto de Lei n°57/2021 que, “Altera os anexos da Lei de Diretrizes Orçamentárias para o Exercício de 2022”, proposto pelo Poder Executivo.
Em seguida, foi votado o Projeto de Lei n°43/2021, o qual “Institui o programa Fila Zero para o atendimento das pessoas diagnosticadas com CÂNCER no Município de Buritizeiro e dá outras providências”. Elaborada pelos vereadores Sidney Vila Real e Walmir Júnior, a proposta recebeu o parecer favorável da Comissão de Legislação, Justiça e Redação e da Assessoria Jurídica, antes de ser aprovado, por unanimidade, pelos vereadores.
Aprovado na primeira votação com unanimidade, na semana passada, o PL n°46/2021, o qual “Dispõe sobre a autorização para o Executivo Municipal alterar o limite de suplementação do orçamento para o exercício de 2021”, voltou a ser votado pelos vereadores. Mais uma vez, a proposta do Poder Executivo foi deferida por todos os vereadores.
Protocolados pela vereadora Ludimila Lôpo, na última sessão ordinária, os requerimentos n°42 e 43/2021, também foram votados e acatados, sem nenhum voto contrário. O primeiro requerimento é endereçado para a Secretaria de Saúde e solicita informações da secretaria sobre o motivo da demora na entrega dos exames de mamografia e o segundo requer o detalhamento sobre as contratações, os aluguéis e as aquisições de veículos que atendem o Poder Executivo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *